PR no combate a fake news e ataques cibernéticos na América Latina

Projeto de Relações Públicas na América Latina para a FireEye, focado em ampliar a percepção e gerar conscientização sobre cibersegurança em empresas e governos, bem como combater a possibilidade de ataques e fake news, com atenção especial para as eleições na região. Para atingir este objetivo, a FireEye ampliou sua exposição em veículos de negócios e grande imprensa, como parte da estratégia para atingir o público corporativo.

 

Estratégia

Conteúdo relevante

Gerar e gerenciar conteúdos relevantes para a mídia e que apoiem a abertura de espaço positivo junto aos influenciadores.

Relacionamento com a mídia

Ações de aproximação e abertura de canais entre os porta-vozes da FireEye e a mídia.

Constância e ritmo

Planejamento de forma a colocar a FireEye e seus executivos em contato permanente com a mídia.

Procedimentos – Melhores práticas

Orientação para materiais e formas de agir a serem adotados pela FireEye de maneira a estabelecer um relacionamento duradouro com os stakeholders.

 

Métricas

  • Share of Voice 2017 (LATAM)
  • Share of Voice 2018 (LATAM)
  • Quantidade de entrevistas
  • Porcentagem de cobertura de veículos de negócios e grande imprensa (LATAM)

 

Desafio do cliente

A FireEye buscava mudar a percepção da mídia sobre a marca, uma vez que, até 2017, sua estratégia de comunicação era majoritariamente focada em anúncios de soluções. A empresa desejava posicionar-se como uma consultora do mercado, alertando sobre ataques cibernéticos e tendências no segmento. Somado a isso, a empresa já previa, ao longo de 2018, mais ataques e a propagação de fake news, motivados especialmente pelas eleições no Brasil, México e na Colômbia.

 

Solução para o desafio e approach

A FireEye buscava mudar a percepção da mídia sobre a marca, uma vez que, até 2017, sua estratégia de comunicação era majoritariamente focada em anúncios de soluções. A empresa desejava posicionar-se como uma consultora do mercado, alertando sobre ataques cibernéticos e tendências no segmento. Somado a isso, a empresa já previa, ao longo de 2018, mais ataques e a propagação de fake news, motivados especialmente pelas eleições no Brasil, México e na Colômbia.

 

Resultados alcançados

Levando em conta apenas veículos do Tier 1 e Tier 2, entre os meses de janeiro e setembro (Q1, Q2 e Q3) de 2018, a FireEye apresentou resultados expressivos, se compararmos os últimos dois anos. Analisando sete das principais empresas de segurança cibernética, a organização deixou o quarto posto em termos de porcentagem de cobertura de mídia (Share of Voice) em 2017, para o segundo lugar no ano passado, pulando de 13% para 21% de cobertura de mídia na América Latina.

Em termos qualitativos, a importância foi tão relevante quanto. A FireEye teve um crescimento de 10% referente à cobertura de veículos de negócios e da grande imprensa, sobre o total de clippings registrados, saltando de 23%, em 2017, para 33%, em 2018. Isso significa que a estratégia e os objetivos traçados foram alcançados. Também foram registradas 10 entrevistas a mais ao longo de 2018 que em 2017.

Como maior demonstração do trabalho realizado e das metas atingidas, a VIANEWS Hotwire conquistou, em novembro de 2018, o Prêmio Jatobá em Excelência e Inovação em PR, na categoria PR Internacional, com o caso de sucesso para a FireEye. Trata-se da maior premiação para agências de comunicação do Brasil.

Quer conhecer melhor o trabalho da VIANEWS Hotwire? Deixe seus dados abaixo.






Comments are closed.