Por que as energias renováveis atraem tanta a atenção da imprensa?

A geração de energia a partir de fontes renováveis vem ganhando cada vez mais força na política nacional e internacional e, consequentemente, maior destaque nos veículos de comunicação. O Brasil, por exemplo, é um importante representante deste compromisso junto às energias renováveis, pois durante a Conferência das Partes (COP21) em 2015, o país se comprometeu a reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 37% até 2025 e em 43% até 2030.

O papel da imprensa é determinante para que o Brasil não se esqueça do compromisso firmado, de modo a fiscalizar se o governo brasileiro está cumprindo com as metas estabelecidas.

Ao que parece o país está se esforçando para aumentar a participação de energia gerada a partir de fontes renováveis em sua matriz energética. As principais representantes e que têm crescido de forma significativa são a energia eólica e solar.

Dados publicados em fevereiro deste ano pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), revelaram que o Brasil atingiu a marca de 13 GWs de capacidade instalada em energia eólica, com 518 parques e 6.600 aerogeradores em atividade. Ainda segundo a ABEEólica, o volume total de energia gerada pelas eólicas equivale ao consumo médio por cerca de 24 milhões de residências no período de um mês.

Do ponto de vista da energia solar, o Brasil também atingiu uma marca importante neste ano. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o país entrou em 2018 com quase 1,1 GW em instalações fotovoltaicas, representando um crescimento de 1.153% em comparação aos 87,7 MW do final de 2016.

Apesar de a geração solar representar menos de 1% na matriz energética brasileira, o fato de ultrapassar a marca de 1 GW de energia solar em capacidade instalada, faz com que o Brasil entre para a lista dos únicos 30 países do mundo que atingiram tal patamar.

A importância do tema, o crescimento do Brasil na geração de energias renováveis e as eleições para presidente e governadores neste ano são fatores que, provavelmente, irão contribuir para que os eventos deste setor ganham ainda mais relevância e atraiam a atenção da imprensa.

A partir da cobertura jornalística, devemos saber quais os planos e medidas que o governo brasileiro tem para impulsionar a geração de energia renovável e ainda como as empresas avaliam o mercado brasileiro de energias renováveis.

Abaixo, vemos uma lista dos principais eventos de energia solar e eólica que devem acontecer no Brasil em 2018:

Inter Solar South America
Website:https://www.intersolar.net.br/pt/inicio.html
Data:de 28 de agosto a 30 de agosto
Cidade:São Paulo

Brazil Wind Power
Website: http://www.brazilwindpower.org
Data: de 28 de agosto a 30 de agosto
Cidade:Rio de Janeiro

Enersolar Brasil
Website:http://enersolarbrasil.com.br/16
Data: de 22 de maio a 24 de maio
Cidade:São Paulo

Brasil Solar Power
Website:http://www.brasilsolarpower.com.br
Data: 12 e 13 de junho
Cidade: Rio de Janeiro

*Por Gabriel Marson

Deixe um comentário