Liderança de alto risco em um mundo Pós-B2B

O mundo passa por uma época de forte transição, em que discutimos abertamente questões sensíveis e relevantes à humanidade. Diferenças salariais entre homens e mulheres; assédio sexual; discriminação de gênero; segurança de dados – estes são apenas alguns dos tópicos que marcam as manchetes e capas de jornais atuais. Obviamente, a liderança das empresas é cobrada por um posicionamento muito claro sobre estes temas.

Cada vez mais, consumidores optam por marcas cujo posicionamento seja similar ou próximo aos seus próprios ideais. Apenas com um adendo: deixar de se posicionar também é um posicionamento para os clientes. E, apesar da crença comum de tal lógica valer apenas para empresas que atuem no mercado B2C, marcas de consumo, em especial; o mesmo vale para o B2B. Nos tempos atuais, comandar uma marca exige tato, compromisso e respeito com os valores humanos – e estar na liderança é um alto risco.

Para compreender melhor os impactos causados pelo posicionamento (ou pelo não-posicionamento) de uma empresa em relação a algum tópico de alto risco, a Hotwire, em parceria com a Sapio Research, ouviu mais de 1.200 executivos e 6.000 consumidores ao redor do mundo. O resultado é o estudo “Liderança de Alto Risco em um Mundo Pós-B2B“.  E algumas das descobertas são delicadas. Apenas cerca de 48% dos líderes de marketing acreditam que suas empresas refletem claramente seus valores fundamentais. Uma quantidade praticamente igual, de 45%, não possui um plano atual de comunicação de alto risco ou precisa atualizá-lo. O cenário retratado é mostra incongruência do mercado. 78% dos líderes de marketing afirmam que o planejamento de questões de alto risco é tão importante quanto qualquer outro fator em um plano de comunicação e marketing.

Os consumidores querem que as marcas abordem assuntos sensíveis. Dependendo do posicionamento das empresas, estarão mais ou menos propensos a adquirir a marca X em contraste à marca Y. Baixe o estudo completo abaixo e confira os seus principais insights. Saiba quais são os principais temas de alto risco para as organizações, quais passos tomar inicialmente e como evitar possíveis danos à sua empresa.

Se você tiver alguma dúvida se a sua empresa está bem preparada, então ela provavelmente não está. Podemos ajudar você a chegar lá. Entre em contato conosco!

Deixe um comentário